-

"Quando você é criança você é tão ingênuo a ponto de achar que ser adulto é uma coisa legal. " (PC Siqueira)

sábado, 10 de março de 2012

' E depois? Puf! Ele se foi. Como todos os outros.


Primeiro eles dão atenção, ligam, mandam mensagem e tudo, mas depois que conseguem o que querem nunca mais aparecem.
Ficam dando desculpas, inventando mentiras e simplesmente somem.
Eu quero muito tê-lo mas se ele não quer dar importância e está pouco se lixando não posso fazer nada. Bom, mal eu estou sim, mas é melhor não me importar tanto.

Não vou ficar sofrendo e culpando-o pelos meus devaneios. Minha parte eu fiz.
Talvez seja melhor dar um gelo e sumir um pouco ai veremos o que realmente ta rolando, porque quem sente falta procura. Mas se ele não se importar mesmo, eu vou ter que aceitar, por bem ou por mal.
Vem e vai fácil, é o que dizem, não? Agora sei bem o significado disso tudo, mas saber não é entender, portanto vou esperar.

Não depende mais de mim, na verdade acho que  nunca dependeu.
Tudo bem, a culpa não é dele, é somente minha por esperar demais de alguém, de novo.

Um comentário:

  1. Oie !
    Adorei o post ! =)
    Beijinhoos,
    http://juliaachaves.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber sua opinião. Comente! ♥